Observou-se: (“um óculos”) é popular no português brasileiro.

O fato de ser disseminada não a torna menos errada, claro. No entanto, quando um desvio normativo é tão comum, sempre vale a pena tentar compreender por que ele ocorre, a lógica alternativa que o comanda. Não se trata de “justificar” nada, mas de tentar compreender. Compreender é mais difícil – mas muito mais proveitoso, inclusive para quem só vê no desvio um erro a ser corrigido – do que simplesmente condenar.

(E antes que venham denunciar, como fizeram alguns leitores nos comentários do recente post sobre “obrigado/obrigada”, o germe do fim do mundo – ou da civilização ocidental, ou do português, ou no mínimo do Brasil – contido em tal postura, observo que a histeria é o vírus ebola da inteligência. Sim, nossa educação vai de mal a pior. Sim, nossa língua merece ser tratada com mais carinho por todos nós. Mas não, o apocalipse não vai começar com “um óculos”.)

“Óculos” é representante de um tipo de substantivo que os gramáticos classificam como pluralia tantum, expressão latina que significa “apenas plurais”. São palavras que levam o plural em sua formação, embora se refiram a coisas singulares – na verdade, pares simétricos. Além dos óculos, encaixam-se nessa categoria as calças, as cuecas, as tesouras…

A língua popular, especialmente a que se fala no Brasil, não gosta muito de pluralia tantum: afinal, se o objeto é um só, por que não singularizá-lo? A calça, a cueca e a tesoura, no singular, são formas que os falantes encontraram – todas já dicionarizadas e admitidas na língua culta – de driblá-lo.

Por que os óculos tiveram destino diferente? Provavelmente porque, enquanto ninguém imagina a peça de vestuário de um perneta ao ouvir falar em “uma calça”, nem a metade inútil de um instrumento cortante ao ler sobre “a tesoura”, “o óculo” sugeriria um monóculo, 50% do objeto referido. A solução foi abraçar despudoradamente a discordância numérica: “o óculos”.

Erro crasso, sem dúvida. Onde já se viu singularizar o plural? Bom, tudo indica ter sido exatamente o que se deu com o substantivo “pires”, que ninguém estranha, mas essa é outra história.

Sobre Nós

Miragem é marca registrada de Grupo GP Marketing Ltda.
Nossos produtos passam por um rigoroso processo de qualidade visando garantir os mais altos padrões industriais.


 Os óculos miragem são garantidos contra defeito de fabricação. Consulte seu revendedor preferido.

Newsletter

Assine nosso informativo e receba em seu e-mail todas nossas novidades

 

MIRAGEM

Óculos Esportivos e Armações
Telefone: +55 (82) 9 9600 2358
Email: contato@miragemoculos.com.br
Topo